fbpx
As vezes eu acho que essa geração já nasce falando. É incrível como são antenados e sabem tudo de tecnologia. Redes sociais, então, nem se fala… E na pandemia parece que aumentou mais. Apesar de eu achar válido o uso, principalmente nesse período que eles estão mais carentes e ansiosos. Mas os pais precisam estabelecer prioridades dentro da casa.  Eu sei que deixá-los no celular ou videogame, por exemplo, é muito mais prático. Afinal, estamos atolados de trabalhos e reuniões, mas precisamos tomar as rédeas dessa educação porque se deixarmos, eles nem estudam.  Lá em casa, por exemplo, a Lulu ama o Tik Tok, e se deixar ela esquece do mundo. O Pedro adora ficar no simulador do Kart e, apesar desse esporte ter tomado muito o tempo dele, eu estabeleço prioridades e o estudo sempre vem em primeiro lugar, para os dois. É aquela velha frase: primeiro vem a obrigação e depois a diversão.  Eu faço planner mesmo semanal e funciona super bem pra gente. Cada dia da semana tem as tarefas e o horário para cada atividade, inclusive o horário de ficar no celular ou videogame. Uma dica muito importante e que ajuda nas questões cognitivas também das crianças são as atividades lúdicas, fora do ambiente digital. Aposte na simplicidade, resgate as brincadeiras da sua infância como pular corda, jogos de cartas ou de tabuleiro. Esse é um momento não só deles, mas de toda família. Outro ponto importante deixar registrado, é que a sua palavra é a final. Não abra mão disso! Não deixe o cansaço fazer de você alguém que sempre cede. E também não estimule o uso demais do celular porque vejo muitos pais focados no aparelho e nem ligam para que os filhos estão fazendo ou olhando. Seja você o primeiro exemplo dentro da
Vejo muitas pessoas falando sobre tempo de qualidade que passam com as crianças, mas o que seria esse tempo de qualidade? Qual a diferença entre “tempo com os filhos” e “tempo de QUALIDADE com os filhos”? Muita gente pensa que qualidade está ligada à viagens, brincadeiras e jogos, mas tempo de qualidade com os filhos está muito além disso. Coisas simples como assistir a um filme, ou cozinhar algo juntos, por exemplo,  pode ser um tempo de qualidade. Ter um tempo de qualidade com as crianças está muito mais relacionado à nossa felicidade, aproveitar o tempo que temos com eles, do que a quantidade de horas que passamos juntos. Então, que tal deixar um pouco de lado o celular para momentos em família? Nada de redes sociais ou responder mensagens de trabalho no tempo que você separou para eles, é claro que pegar o celular para fazer uma foto, ou resolver algo rápido não faz mal. Mas se policie em relação a isso, muitas vezes perdemos momentos preciosos por estarmos no celular. Tempo de qualidade não é uma receita, não tem regra. Então, faça com esse tempo algo que vocês realmente gostem de fazer juntos, até porque, quem determina o que é bom para vocês, são vocês mesmos.  Grande beijo! 
Quem não gosta de um docinho? Eu adoro e  quando podemos aliar algo que a gente gosta muito e que fica saudável, melhor ainda. Por isso, hoje quero compartilhar com vocês uma receita de Petit Gateau funcional que dá para comer sem culpa. Super fácil de fazer e fica uma delícia. Os ingredientes são simples de encontrar então,  anota, faça e me conta o que achou depois, tá bom?! Ingredientes 2 ovos inteiros  2 gemas 200 gramas de chocolate 70% cacau 3 colheres de sopa de óleo de coco 1 colher de farinha de arroz 1 colher de fécula de batata 1/4 de açúcar demerara ou xilytol Modo de preparo 1- Derreter o chocolate e separar 2- Bater os ovos e as gemas com o açúcar até formar um composto espumoso e claro 3-Adicionar o chocolate derretido (morno), o óleo, a farinha e bater por uns minutos 4- Colocar as forminhas individuais próprias para Petit Gateau (untadas e enfarinhadas, para garantir eu coloco um pedaço de papel manteiga no fundo da forminha) 5- Assar em forno a 180 graus por 6 a 10 minutos, porque o centro deverá permanecer mole 6- Sirva imediatamente com um sorvete de sua preferência. Bom apetite!
Gente, como é bom ter opções mais leves para comer, né? Eu adoro, por isso, separei uma receita super saudável: Nhoque de mandioquinha. É uma delícia e fica ótimo para você preparar naquele almoço ou jantar especial. Então, já anota aí:  Ingredientes Molho 3 dentes de alhos picados2 colheres de sopa de azeite6 tomates sem pele e sementes em cubos pequenosSal a gostoPimenta do reino recém moídaFolhas de 5 ramos manjericão lavados Massa 500g de mandioquinha cozida e espremida1 xícara (chá) de aveia em flocos finosSal a gostoPimenta do Reino recém moída Modo de Preparo Molho Refogue o alho no azeite até ficar levemente dourado. Junte os tomates e cozinhe em fogo alto até murcharem, cerca de 5 minutos. Desligue o fogo, tempere com sal, pimenta e acrescente o manjericão. Massa Após cozinhar, esprema a mandioquinha e leve novamente ao fogo para secar a água restante. Junte os demais ingredientes e misture bem. Faça rolinhos de 1,5 de diâmetro e corte em retângulos de 2cm. Cozinhe o nhoque em água fervente com sal por 3 minutos ou até começar a subir na superfície da água. Sirva em seguida acompanhada do molho de tom