Tricot: Conforto e estilo juntos

Charmoso, quentinho e confortável, a tendência do tricot está com tudo. Principalmente nessa época que estamos passando boa parte do tempo em casa, o tricot tem sido minha roupa favorita, pois além de quentinho é super confortável e estiloso. Há um tempo, muitas pessoas enxergavam essas peças como “roupas da vovó”, mas após intensas pesquisas por novos fios e técnicas, algumas marcas resolveram adotar o estilo, levando um toque moderno e descolado para esses looks. Eu amo! Separei algumas inspirações para vocês usarem tricot em casa e quando tudo voltar ao normal, inserir também no seu dia a dia. Espero que gostem.

Dicas simples para um relacionamento saudável

Um dos temas que mais me pedem para abordar é sobre relacionamento então, fiz esse texto com dicas super interessantes, simples e muito importantes para entendermos como nossos relacionamentos podem se tornar mais saudáveis. Acredito que estamos sempre em busca de crescimento para nos tornarmos pessoas melhores por isso, espero que esse texto sirva como inspiração. Vale a leitura! Tentem algo novo juntos Seja criativo e encontre coisas novas e interessantes para fazerem juntos. Embora isso seja um pouco cansativo, as recompensas valem a pena. Dê preferência por algo que nenhum de vocês já tentou, como uma dança ou um esporte novo. Isso contribui para o relacionamento, a diversão de explorar coisas novas juntos. Essas são as coisas que nós fazemos quando começamos a namorar, as coisas divertidas que nos mantém em um estado de antecipação e relaxamento. Isso é algo que se pode fazer para manter essa sensação de animação e expectativa viva. Lembre-se de rir Humor é uma cura para quase tudo. Mesmo em nossos momentos de desespero, podemos sorrir e rir de algum acontecimento peculiar ou engraçado, ou de alguma memória. Sejam brincalhões, façam coisas para riem juntos, seja assistir um filme ou fazer algo que seja engraçado só para vocês dois. Preencher o relacionamento com risos é maravilhoso para ambos. Cozinhem Quando estamos em um relacionamento novo, o alimento pode se tornar um componente aspirante. O velho ditado de que “o caminho para o coração de um homem é por meio do seu estômago”, tem um pouco de verdade. Todos nós devemos comer para sobreviver e o conforto da cozinha é uma parte da nossa vida cotidiana. Então, seja criativo. Faça aulas de culinária, cozinhem juntos, e cozinhem um para o outro. Essa preparação, esse cuidado, é essencial para o relacionamento. Torne a vida uma aventura

Transforme reclamações em solicitações!

No lugar de expressar sempre o que você não quer, aprenda a falar o que você deseja. Por exemplo: se um som alto te incomoda, procure conversar com a pessoa para que abaixe o volume, se isso não for possível, saia você do ambiente que não lhe agrada. Assim você cria uma possibilidade e não uma tempestade. Não é todo dia que estou de bom humor ou tolerante às coisas que não gosto, mas o que não posso é agir com falta de educação. Por isso, tenho sempre em mente que pensamento é algo que sabemos, a emoção é algo que sentimos e ação é algo que fazemos. As nossas emoções, intenções e pensamentos não atravessam a consciência como elementos distintos de experiência, mas como estão constantemente interconectados, se modificam uns aos outros à medida que avançam. É interessante porque os pensamentos e ideias nos levam a algo que nos interessa, já o sentir,  isso é o mal do século.  Por exemplo, quais são suas metas e objetivos como equipe? Você tem muitos pensamentos e ideias? Você tem muitos sentimentos? O que você deixa te dominar?  Nessas situações, você precisa ter autoestima para não deixar que os sentimentos te dominem e te levem a reagir, no lugar de ter ações. Você sabia que pessoas com baixa autoestima não conseguem por limites em ninguém, não conseguem ser elas mesmas, vivem para agradar aos outros e não dominam as emoções?  Por isso é importante identificar o que se sente, porque a partir do momento que você sabe e entende, se sente uma necessidade, você vai agir para que uma mudança aconteça.  Grande beijo. Lia Clerot.

Você não precisa dar conta de tudo, o tempo todo

Nós temos uma falsa ilusão de que nós somos capazes de abraçar o mundo e tomar conta de todas as áreas da vida. Também nos achamos no direito de controlar os rumos de quem vive ao nosso redor. Mas a vida não é um jogo em que temos que zerar todas as fases. Não há nada de errado em quer dirigir a própria vida, o problema está no exagero, em acreditar na ilusão de que se pode ter o controle de tudo. Isso traz sofrimento, porque nem tudo depende de nós e tudo que criamos muita expectativa, aumenta o risco de frustração. Nós controlamos nossas decisões.Podemos decidir se investiremos nossas economias no mercado de ações, se aceitaremos um emprego ou se levaremos o nosso guarda-chuva. No entanto, não temos nenhum controle sobre se o mercado de ações irá subir ou descer, se o nosso novo chefe vai ser paranoico ou se vai chover.  No fim das contas, nosso sucesso ou fracasso é uma combinação das nossas próprias ações e de coisas que não podemos controlar. Devemos ter controle sobre a nossa vida, sobre as nossas coisas, sim, mas que esse controle não seja exagerado a ponto de nos desestruturar quando algo não sair como o planejado. Pare de se cobrar tanto, tudo bem se você não conseguir hoje, amanhã você tenta de novo. Espero que tenha gostado da reflexão de hoje. Ah, me deixa nos comentários outros temas que você gostaria de ver por aqui. Grande beijo!   Lia Clerot.