fbpx
perda

Precisamos falar sobre perdas!

Na profissão, nos relacionamentos ou em qualquer área é sempre difícil

Nós não temos o hábito de refletir sobre as nossas perdas ao longo da vida, não é mesmo? Sejam nos relacionamentos, no trabalho ou em qualquer área da nossa vida. Mas isso é essencial para encararmos nossos fracassos e seguirmos em frente mais maduros e fortes. Geralmente, as pessoas não se abrem para refletir sobre um tropeço, um fracasso ou uma perda. Elas perdem um tempo que poderia ser dedicado a pensar sobre o que ocorreu, ficando somente lamentando e na percepção de vítima, e quase nunca como protagonista da própria história.

A questão é que o tempo do luto por qualquer que seja a nossa perda, compromete a qualidade do tempo que vivemos. Seja um ciclo de trabalho que chega ao fim, o término de uma relação ou o rompimento de uma amizade. Isso porque, em geral, a vida segue e parece não haver espaço para pausa e para processarmos o que ocorreu.

O que fazer então se a vida pede pressa e a alma pede calma? Penso que deveríamos, primeiro, evitar culpar os outros e, a partir disso, viver o que temos de melhor a cada momento, nos entregando a cada relação. A perda faz parte da vida. E ao entender que isso é inevitável, podemos tentar ficar mais tranquilos para não temê-la quando acontecer.

Nosso tempo de vida um dia acaba, e isso é realmente inevitável, mas a forma como escolhemos estar aqui pode trazer experiências incríveis. Para sermos vitoriosos na nossa jornada é necessário aprender a não ganhar sempre. Assim, é importante sabermos que, apesar de difícil, podemos escolher como vamos encarar as perdas da vida. Se vamos fazer isso como um sofrimento eterno ou como gratidão.

Espero que tenham gostado.

Grande beijo, Lia Clerot.

Fonte: www.vidasimples.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *